Câncer de boca: Como identificar essa doença?

Classificado como um dos cinco tipos de câncer mais comuns entre homens no Brasil, identificar o câncer de boca é tarefa essencial para evitar ser surpreendido pelo tumor já em estágio avançado. Dificuldade ou dor ao falar, mastigar e engolir são alguns dos sinais da doença. Leia mais sobre esse assunto no blog.

Para identificar o câncer de boca é preciso avaliação e diagnóstico do cirurgião de cabeça e pescoço. Esse tipo de câncer é mais comum em pacientes acima de 50 anos e mais frequente em homens, fumantes e etilistas. A doença, considerada silenciosa, pode afetar diferentes partes da estrutura bucal e começa a provocar sintomas quando já está em estágio avançado, por isso é tão importante estar atento aos sinais do seu corpo.

Diante dessa situação, ao identificar o câncer de boca (mesmo que seja apenas uma suspeita), é muito importante consultar um cirurgião de cabeça e pescoço, o especialista que vai te ajudar a chegar ao diagnóstico correto e sugerir o melhor caminho para a realização de um tratamento. O câncer de boca é uma doença que, quando diagnosticada de maneira precoce, tem as chances de cura aumentadas.

Abaixo, vou te ajudar a entender do que se trata essa doença e se você pode estar portando-a.

O que é o câncer de boca

O câncer de boca é um tipo de câncer que atinge a região dos lábios e o interior da cavidade oral. É possível identificar o câncer de boca através de alguns sinais e sintomas que o corpo manifesta.

Essa doença pode surgir devido aos hábitos cultivados por uma pessoa, como fumar e beber de forma excessiva, além da infecção pelo vírus HPV, que pode levar ao desenvolvimento de câncer de orofaringe. A exposição prolongada ao sol também favorece a ocorrência de câncer de lábio. Se você se identificou com algum desses casos, fique atento.

Principais sintomas do câncer de boca

A melhor maneira de identificar o câncer de boca é estando atento aos principais sintomas da doença. Contudo, essa é uma doença silenciosa, daí a importância de manter o check da sua saúde bucal em dia.

Os primeiros sinais que o câncer de boca dá podem ser descritos através dos seguintes sintomas:

  • Pequenas feridas superficiais que não doem e que podem ou não sangrar;

  • Ferida ou aftas na cavidade bucal que não cicatrizam em 15 dias;

  • Irritação, dor na garganta ou sensação que algo está preso na garganta;

  • Manchas vermelhas ou brancas nas gengivas, língua, lábios, garganta ou revestimento da boca.


Quando está em estágio mais avançado, é possível identificar o câncer de boa através desses sintomas:

  • Dificuldade ou dor ao falar, mastigar e engolir;

  • Mau hálito persistente;

  • Amolecimento ou dor em torno dos dentes, que podem cair facilmente;

  • Caroços no pescoço devido ao aumento das ínguas;

  • Perda de peso.


Se você acredita que pode estar com algum desses sintomas, marque imediatamente uma consulta.

Quando o assunto são os fatores de risco, o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas são os principais para o desenvolvimento do câncer da boca. Outro fator de risco para o desenvolvimento de câncer de boca é o vírus do papiloma humano (HPV).

Vale destacar que o excesso de gordura corporal e a exposição a substâncias como amianto, fuligem de carvão, óleo de corte, poeira de madeira, de couro, de cimento, de cereais, têxtil, formaldeído, sílica, solventes orgânicos e agrotóxicos também contribuem para o surgimento do câncer de boca.

Se você tem mais de 50 anos, é fumante e ingere bebida alcoólica com frequência, esteja ainda mais atento aos sinais dessa doença e consulte preventivamente um especialista todos os anos.

Diagnóstico e tratamento

Como já vimos acima, o cirurgião de cabeça e pescoço é médico responsável por diagnosticas e tratar o câncer de boca. Entretanto, o cirurgião dentista comumente é o primeiro a identificar lesões que devem ser investigadas pelo cirurgião de cabeça e pescoço.

Através de uma consulta, a região bucal do paciente é avaliada e, caso haja suspeitas, é necessário realizar exames de imagens, laboratoriais e até biópsia para detectar a presença de um tumor maligno e definir a melhor conduta de tratamento.

Uma vez diagnosticado, o paciente será orientado sobre qual tratamento será realizado, o que é definido a partir não só do diagnóstico, mas também de seu histórico médico, respeitando todas as suas necessidades, desejos e limitações.


Leia também: Câncer de tireoide - Quais são os sinais de alerta dessa doença?

Agora que você sabe como identificar o câncer de boca, esteja ainda mais atento à sua saúde e aos sinais que o seu corpo te dá de que algo pode não estar bem.

Agende uma Consulta

Muito prazer, eu sou o Dr. Marcelo Schalch, Cirurgião de Cabeça e Pescoço e especialista em cirurgia de tireoide, tumores benignos e cânceres na região da cabeça e do pescoço.

Quero te ajudar a recuperar sua saúde. Trabalharei com você para escolher a melhor opção para o seu caso específico, buscando soluções seguras e minimamente invasivas.