Vou engordar após a cirurgia de tireoide?

Se você está se preparando para uma cirurgia de tireoide, seja ela total ou parcial, certamente tem dúvidas em relação ao ganho de peso após a mesma. Embora seja um dos questionamentos mais frequentes quando o assunto é tireoidectomia, o ganho de peso após a cirurgia, tem mais a ver com o equilíbrio dos hormônios tireoidianos em si do que com o procedimento cirúrgico.

Após ser diagnosticado com uma patologia relacionada à tireoide o paciente pode ser encaminhado para o tratamento medicamentoso e, em certos casos, será indicada a cirurgia de tireoide. Quando o tratamento medicamentoso é indicado, mas se mostra ineficiente, é possível que seja necessário fazer uma intervenção cirúrgica, dando início então à uma etapa mais invasiva do tratamento para a retirada total ou parcial da glândula.

A cirurgia de tireoide é recomendada quando o paciente apresenta nódulos, cistos, aumento exagerado da tireoide ou até mesmo câncer. Na cirurgia pode ser feita a retirada total ou parcial da glândula, o que determinará a necessidade de reposição hormonal (em caso de retirada total) pelo paciente.

Levando em conta que a tireoidectomia é uma cirurgia que apresenta baixo risco, pode ser que o paciente tenha bastante dúvidas de como será o pós-operatório. Para entender mais sobre como é o pós-operatório da cirurgia de tireoide e se existe risco de ganho de peso por conta dela, continue lendo abaixo.

Como funciona a tireoide?

A tireoide é uma glândula localizada na parte anterior ao pescoço. Responsável pela produção dos hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) que são feitos de Iodo, tem um papel crucial no nosso organismo, já que os mesmos são fundamentais para controlar o nosso metabolismo e regular órgãos como o cérebro, coração, fígado, rins.

Responsáveis por normalizar o gasto energético e a temperatura corporal, os hormônios tireoidianos interferem diretamente no crescimento e desenvolvimento do individuo na infância e adolescência, no peso, na concentração, no humor, na memória e, no caso das mulheres, na regulação do ciclo menstrual e fertilidade.

Quando produzidos em excesso, os hormônios T3 e T4 aceleram o metabolismo e causam o que chamamos de hipertireoidismo; em contrapartida, quando produzidos em quantidades abaixo da média, deixam o metabolismo mais lento (hipotireoidismo).

Mas a tireoide causa ganho de peso ou não?

Apesar do mito que associa disfunções da tireoide com o ganho de peso, é importante ressaltar que a mesma sozinha não é responsável por engordar ou emagrecer o indivíduo. A resposta vai além de um “sim” ou “não” já que o ganho de peso costuma ser multifatorial. De acordo com o Departamento de Tireoide da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), alterações de peso relacionadas a problemas de tireoide são pequenas, não afetando mais que 10% do peso total.

As alterações na produção dos hormônios T3 e T4, levam a variações metabólicas. Um corpo com metabolismo mais lento (quando os hormônios tireoidianos são insuficientes) tende a levar mais tempo para processar o que foi consumido o que, em contrapartida, levaria ao ganho de peso. Entretanto, quando falamos em perda ou ganho de peso, as disfunções hormonais não são o único fator a ser considerado.

De modo geral, os pacientes que apresentam hipotireoidismo tendem a apresentar maior desanimo e cansaço, o que pode influenciar na realização de atividades físicas, contribuindo assim para uma vida mais sedentária, com pouco gasto energético e, como resultado, maior possibilidade de ganho de peso. Ficou claro que o ganho de peso não está relacionado apenas aos hormônios tireoidianos?

O que devo saber sobre a cirurgia de tireoide

A cirurgia de tireoide é recomendada em casos em que o paciente apresenta nódulos, cistos, câncer de tireoide ou até mesmo um aumento exagerado da glândula. Apesar da cicatriz da cirurgia de tireoide convencional ser quase imperceptível, muitas pessoas se incomodam com o seu aspecto estético. Felizmente hoje já existem técnicas de tireoidectomia bem menos invasivas e que não deixam a tão temida cicatriz.

A cirurgia robótica de tireoide pode parecer coisa do futuro, porém trata-se de um procedimento feito a partir de um túnel que liga a axila do paciente à região cervical, realizando assim o procedimento de forma mais eficaz e segura, tanto para ao paciente quanto para o cirurgião responsável. Entre as vantagens dessa cirurgia, podemos destacar a ausência aparente de cicatriz no paciente além de oferecer um processo de recuperação muito mais rápido.

Quando a tireoidectomia total não é necessária, a parte remanescente pode ser capaz de se ajustar e produzir a quantidade de hormônios que o organismo necessita. Nesses casos não há desequilíbrio hormonal que dificulte a manutenção do peso (já vimos que a tireoide por si só não leva ao ganho de peso).

Entretanto, se a parte da glândula que foi preservada não consegue produzir quantidades suficientes de hormônios, será imprescindível iniciar o tratamento de reposição hormonal para, assim, evitar o desequilíbrio hormonal que dificulta a manutenção do peso.

O objetivo da terapia de reposição hormonal para pacientes que fizeram cirurgia de tireoide é manter os níveis de hormônios tireoidianos equilibrados e evitar sintomas de hipotireoidismo, como fadiga e falta de animo. Uma vez realizada a cirurgia de tireoide, o paciente deve seguir com o tratamento por toda a vida. Assim como para pessoas que não têm desequilíbrios tireoidianos, evitar ganho de peso está relacionado à capacidade de manter-se em déficit calórico, o qual se alcança com uma alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas regularmente.

Cirurgia de tireoide com o Dr. Marcelo Schalch

Se você descobriu que precisa realizar uma cirurgia de tireoide e deseja contar com um cirurgião de cabeça e pescoço qualificado para realizar técnicas modernas e mais seguras para tratar a doença, entre em contato com a minha equipe para agendar a sua primeira consulta.

São muitos anos de experiência acumulados na área de cirurgia de cabeça e pescoço e um interesse enorme em oferecer a todos os meus pacientes as melhores soluções para os seus casos, que ofereçam mais segurança e conforto no seu tratamento.

Acesse outros conteúdos produzidos por mim clicando nos links abaixo.